01 setembro 2008


Só SE eu morrer
.
Se eu morrer será você
Quem vai cuidar da minha ida
Não é muito complicado
É um tanto simples, minha vida

Não me encuca o desespero
Nem me espanta a despedida
Mas insisto em ser você
Quem vai tratar da minha partida

Não me importa o seu olhar
Nem se a missa vai ser lida
Já me deixará feliz
O teu pesar na minha ida

Mas para não ser mal entendido
No que há pouco eu escrevi
Alego não querer morrer
E vou ficando por aqui

3 comentários:

Mariana Barcellos disse...

amei esse!

Mateus Solano disse...

lindo!

Júlia disse...

Fique por aqui por um bom tempo por favor! adorei!