13 julho 2009

dEsperdício
-
Cresceu
Depois desapareceu
A saudade não bateu
Foi ser mais feliz
Sem mim

Sair
Esquecer, abandonar
Nunca mais telefonar
É desperdício de amor
Meu

.............Desperdício de amor
.............Meu
.............Desperdício de amor

Não vem
Se me encontra não me viu
Quando eu olho já sumiu
Desperdício de amor
Também

28 comentários:

Bru Brig. disse...

desperdiçar amor é pecado.
No ritmo da noite!!!!!

Nivinha disse...

Olá André, parabéns pelo blog, será mais uma leitura diária minha!
Vou te linkar se não se importar!
bjs

Priscila disse...

Acompanho sempre, virou costume passar por aqui.

Você esta de parabéns!

bjaoo

Andrè Dale disse...

Ah, que presenças maravilhosas!
Mas... desculpe a pergunta...
Que Priscila és tu?

Cris Chevriet disse...

estou viciada em ler estas frases, e em especial sobre esta concordo plenamente...tenho exemplo em casa não é mesmo? Beijos menino!!!

Cris Chevriet disse...

...desperdício de amor, acho triste...mas dá boa poesia!!!

Andrè Dale disse...

"Eu acho que futebol tem muito mais a ver com teatro do que piscologia".

Essa foi lindamente colocada pelo mestre Amir na última segunda-feira.

Priscila disse...

ih, você não me conhece não. rs

Eu fui ver Valentin e adorei, desde então passei a acompanhar seu blog e tenho adorado.
Por sinal, fui la no tablado pra ver cavalinho azul mas não consegui, tava lotado =/

é isso..

bjão.

Andrè Dale disse...

Ah, tenta mais um pouquinho que vc vai conseguir! hehehehe Então tá, sinta-se bem recebida e fique a vontade por aqui para entrar, ler, ver, e dizer o que quiser.

é isso..

bjão.

Anônimo disse...

amo
seus poemas

Andrè Dale disse...

anônimo...

joana francesa disse...

Nossa! Varias admiradoras(res)! Seria mais uma desconhecida, pois você, se entrasse no meu blog, não ia fazer idéia de quem sou! Mas vou me identificar: sou a.... Bella!
Agora que bella sou eu voce vai ter que adivinhar! Vou só dar uma diquinha...... 24!

Andrè Dale disse...

Caramba, quantos mistérios... 24? Oh Bella, que diabo é 24?

Anônimo disse...

¬¬

Anônimo disse...

tanto faz

Anônimo disse...

amo seus poemas, anonimamente.

Andrè Dale disse...

Nossa... Isso é estranhamente sedutor, sabia... É isso aí, se tem amor no meio tá valendo!

Andrè Dale disse...

Ah, Dona Isabella! Minhas fontes são rápidas e confiáveis! Já te desmascarei! Você é a Bella... Biquinha! hahahahaha E já adivinhei que diabo é 24 também! Você é boa nisso, hein!

Anônimo disse...

Mais sedutor que seus poemas impossivel.

joana francesa disse...

hehehe.... tive que explicar para um capanga meu o que significava! que bom que ele fez o trabalho direitinho!

Andrè Dale disse...

Salve simpatia!

Anônimo disse...

Eu sempre fui apaixonada por você, gostoso!

e tenho certeza que todos os seus poemas são feitos pensando em mim!

Lori disse...

tá bom! esse anônimo aí em cima sou eu... mas queria tanto participar desse mistério...

Anônimo disse...

um mistério ao meu redor, gostei!

Andrè Dale disse...

ô loco!

Yasmin Gomlevsky disse...

Cara, eu ia comentar sobre o seu poema, que é muito bom, mas estou dando prioridade a dizer que eu ri MUITO com esses comentários HAHAAHAH

Andrè Dale disse...

pois é, né... hehehehehe

Cris Chevriet disse...

muito animado esse cantinho...