24 agosto 2008


FIM DE LIVRO
.
Na história do livro que eu estava escrevendo
Tinha gente morrendo, tinha gente devendo
Mocinho, bandido e polícia bebendo
Você casava no final

No meio do livro você me conhecia
Beijava a minha boca e usava calcinha
Até a vizinha de tudo sabia
E eu dizia ser o tal

Nesse romance não tinha dinheiro
Era ter arma no bolso e ser muito maneiro
O povo do norte virou macumbeiro
Jesus pulava carnaval

LLL Tudo que eu vivi era silêncio
LLL Você sempre insistia em ser calada
LLL Malucos te puxavam pra calçada
LLL Casando no final
LLL Pra ver se a vida era feliz
LLL Só no final

LLL Bonequinha tosca de porcelana
LLL Vou te dizer a pouca coisa que eu sei
LLL Muita história mudou
LLL E o livro não emplacou

2 comentários:

Mariana Barcellos disse...

muito interessante.. mesmo!

Pedro disse...

maravilhoso ppoema